Médica picada por jararaca, Dyeynne Saugo lembra dor insuportável: 'Desesperador'


A médica Dieynne Saugo, que foi picada por uma cobra jararaca em uma cachoeira na cidade de Nobres, no Mato Grosso, no fim de agosto, detalhou hoje o momento em que foi atacada. Em entrevista ao "Fantástico", da Globo, ela relatou que a dor era insuportável e que chegou a ter hemorragia.

Comentários