CRIVELLA E BOLSONARO, UNIDOS NO ACHAQUE À IMPRENSA



Nesse episódio, Rodrigo Martins comenta a mais recente falsa polêmica criada por Jair Bolsonaro. Em meio à queda recorde do PIB brasileiro e ainda sem esclarecer os 89 mil reais depositados por Queiroz na conta da primeira-dama, o presidente saiu em defesa da liberdade do cidadão de ser ou não imunizado pela vacina contra a Covid-19, que ainda nem existe no mercado. O apresentador também fala sobre os Guardiões de Crivella, um grupo de servidores, com salários de até 18 mil reais, escalado para atuar na porta de hospitais do Rio e impedir o trabalho da imprensa. 

O programa trata, ainda, de algumas das fake news mais populares do momento, como a tal pesquisa a revelar que somente 6% das mortes atribuídas à Covid-19 nos EUA foram mesmo causadas pelo novo coronavírus.

Comentários