Bolsonaro volta a defender o uso da hidroxicloroquina e chama fechamento das escolas de absurdo


Em cerimônia de posse do ministro da Saúde Eduardo Pazuello, Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender uso de hidroxicloroquina para tratamento de covid-19, pediu a reabertura das cidades e responsabilizou a quarentena imposta por prefeitos e governadores pelo aumento da violência doméstica. 
-------------------------

Comentários