OMS responde a Bolsonaro e nega que seja contra políticas de isolamento

Imagem
 
O presidente Jair Bolsonaro citou trecho da fala do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, para dizer que a entidade defendeu que 'os informais têm que trabalhar'. Em resposta à TV Globo, a OMS negou que seu diretor-geral tenha se posicionado contra medidas de isolamento. Ghebreyesus afirmou que convocou governos a criarem políticas de proteção às pessoas que não podem trabalhar devido à pandemia de Covid-19.

Comentários