Tiroteio que matou 14 pessoas reascende debate sobre venda de armas nos EUA

O casal, responsável pelo ataque a San Bernardino, na Califórnia, teria montado o arsenal legalmente, com armas vendidas no país. 

Segundo o próprio Estado Islâmico, eles eram membros do grupo.

Comentários