TV R

domingo, 8 de novembro de 2015

Dilma veta fim do sigilo em operações do BNDES, mas STF determina que tudo seja transparente

STF decidiu que o BNDES terá que se reportar ao TCU à cerca de empréstimos e negociações com dinheiro publico.

A Presidente da Republica havia vetado à abertura dos sigilos. De acordo com Dilma, o artigo que determinava a transparência nas operações do BNDES feriria "sigilos bancários e empresariais e prejudicaria a competitividade de empresas brasileiras no mercado global de bens e serviços".

A presidente também argumentou que o BNDES já divulga diversas informações sobre suas operações, como nome do cliente, projetos e, em alguns casos, valores do empréstimo. Os críticos, porém, alegam que o sigilo abre brechas para o favorecimento político a determinados grupos privados.

Dilma veta fim do sigilo em operações do BNDES

Seguidores