Cruzeiro Esporte Clube: COM MUITA GARRA, CRUZEIRO ARRANCA EMPATE E CONQUISTA O CAMPEONATO MINEIRO MAIS UMA VEZ




O Cruzeiro chegou ao 40º título estadual na tarde deste sábado ao empatar com o Atlético-MG no estádio Independência, em Belo Horizonte. Esse foi o 15º título da Raposa sobre o rival em 24 decisões entre as agremiações, mostrando a superioridade absoluta do time celeste em relação ao adversário.

Foi com emoção e com muita garra! O Cruzeiro tem mais um título para colocar em sua repleta galeria de troféus! Na tarde deste sábado, a Raposa empatou com o Atlético-MG por 1 x 1, na Arena Independência e, de forma invicta, conquistou o título estadual pela 40ª vez. 

A equipe adversária saiu na frente aos 29 minutos do primeiro tempo, com gol de Elias. O Cruzeiro buscou o empate na etapa final após pênalti sofrido. E Fred, artilheiro do torneio estadual com 12 gols, foi o responsável por marcar e garantir a taça para o time celeste. 

Sem tempo para comemorar e descansar, o Cruzeiro já viaja neste domingo para a Venezuela, onde enfrenta o Deportivo Lara na próxima terça-feira, pela 5ª rodada da Copa Conmebol Libertadores.

MANO MENEZES FALA DO PODER DE REAÇÃO DA RAPOSA NO SEGUNDO TEMPO E SOBRE A ENTRADA DE DODÔ NA EQUIPE

“Aaah, Mano Menezes!”. Dono deste grito que é entoado pela Nação Azul em todos os jogos do Cruzeiro no Mineirão, o técnico Mano Menezes conquistou mais um título sob o comando do elenco estrelado.  

Em entrevista após o encerramento do duelo que deu o título de Campeão Mineiro de 2019, em que a Raposa empatou com o Atlético-MG por 1 a 1, o treinador cinco estrelas comentou sobre a mudança de postura do Cruzeiro no segundo tempo. O time saiu atrás no placar na primeira etapa e foi buscar o gol que garantia o troféu para a Toca da Raposa. 

“No primeiro tempo, até o momento em que sofremos o gol, estávamos tendo um jogo parelho. O Atlético-MG teve uma estratégia de jogo inteligente para jogar contra nós. E a partir do gol que sofremos, caímos um pouco de produção e perdemos a tranquilidade para jogar”, disse. 

“No intervalo, fizemos uma cobrança em relação ao lance do gol. Aí tivemos orientações, de como colocar as coisas no lugar, como organizar novamente a equipe. E com a experiência que temos, a convivência ao longo desses anos, a confiança que eles têm no técnico, fez o Cruzeiro voltar para o segundo tempo bem organizado, buscando de maneira correta a igualdade no marcador”, completou. 

Conhecedor do elenco que tem nas mãos, Mano Menezes colocou Pedro Rocha, recém contratado, e Thiago Neves, vindo de lesão, no segundo tempo. O treinador falou sobre as opções e também sobre a entrada de Dodô na lateral esquerda desde o início do jogo. 

“Fizemos algumas alterações importantes como o Pedro Rocha, que entrou muito bem, e o Thiago Neves, fazendo com que arriscássemos um pouco mais. Era um risco que correríamos, mas fizemos o gol e soubemos suportar a pressão, pois temos uma defesa sólida”, ressaltou 

“Vejo que em determinados momentos, o Dodô nos dá uma consistência maior em linhas de quatro. Nós sabemos que aqui no Independência, os lados do campo são bem explorados, com uma pressão muito grande. Então um jogador que fica um pouco mais, em uma linha mais fechada, nos traria uma maior segurança para atuar”, finalizou.

ITAIR MACHADO ENALTECE CONQUISTA DO MINEIRO E DESTACA IMPORTÂNCIA DA COMISSÃO TÉCNICA E DA NAÇÃO AZUL

Bicampeão Mineiro consecutivo ao empatar com o Atlético-MG na tarde deste sábado por 1 a 1, na Arena Independência, o Cruzeiro mais uma vez mostrou a força de seu elenco e também da Nação Azul. Parte importante no processo de manutenção e de montagem do time celeste, o vice-presidente de Futebol Itair Machado festejou a conquista e falou sobre o trabalho que vem sendo feito pela diretoria. 

“A gente sabe que não é fácil ganhar títulos, e o Cruzeiro tem essa marca de conquistar taças. Quem tem títulos são clubes grandes. E esse é o quinto título que a nossa gestão disputa, sendo o terceiro faturado. E a torcida pode ter certeza de que iremos trabalhar dobrado para ganhar mais”, comentou. 

“Cada título tem um gostinho diferente. E vamos continuar fortes para buscar cada vez mais títulos, principalmente o da Copa Libertadores”, complementou. 

Itair Machado fez questão de enaltecer o trabalho feito por toda a comissão técnica e todos que trabalham no Cruzeiro. O dirigente ainda chamou a atenção para o apoio da torcida estrelada, peça importante em todos os jogos da Raposa. 

“É um trabalho que não foi feito só pela diretoria, mas por todos que estão por trás, como os jogadores e a comissão técnica. Quando se trabalha muito, como nós trabalhamos, só pode terminar em título, ainda mais quando temos uma torcida maravilhosa como a nossa”, finalizou. 
Cruzeiro Esporte Clube: COM MUITA GARRA, CRUZEIRO ARRANCA EMPATE E CONQUISTA O CAMPEONATO MINEIRO MAIS UMA VEZ

Comentários