quinta-feira, 26 de julho de 2018

Palocci entrega rastreadores para comprovar reuniões e pagamentos de propina a Lula. Advogados deixam o caso

“Cumpanhero” Palocci entrega rastreador veicular, que segundo o próprio, para provar reuniões e pagamentos de propina a Lula. Após o acordo de delação premiada com a PF, o ex-ministro tem que comprovar o que delatou no acordo, e os pontos principais que interessam ao MPF e ao juízo de Curitiba dizem respeito ao ex-presidente.  
A estratégia de defesa mudou a partir daí, e advogados decidiram deixar o caso alegando foro intímo. https://abr.ai/2LrVvPt


O rastreador registra percursos, mas não filma entrega de nada a ninguém. O molusco se fez o que dizem que fez não deixou rastro. Este pode ser um dos motivos que levou a banca de advogados a entregar o caso, mais um balão japonês para alimentar o ego de Moro, do PowerPoint e da imprensa que anda sem assunto em relação a Lula.

Seguidores