quinta-feira, 5 de abril de 2018

Declaração ameaçadora do General Villas Boas foi determinante para derrota de Lula no STF

A infeliz e ameaçadora declaração do General Villas Boas, horas antes do julgamento no STF do pedido de habeas-corpus, deu margem a uma série de interpretações tenebrosas e foi o fato determinante para que o ex-presidente Lula conhecesse o dissabor da derrota. Se direitistas e esquerdistas se assustaram com tamanha ameaça do Exército brasileiro, imagina os ministros que tinha a prerrogativa de decidir o futuro da nação. 
Luís Roberto Barroso deu uma aula de Direito teórico, na prática o seu voto continha algumas contradições que ficaram ainda mais evidentes quando observamos a fundamentação do voto de Rosa Weber que veio logo em seguida. Um calhamaço de gambiarras que que poderão ser, e deverão ser, corrigidas nas questões de Ação Declaratória de Constitucionalidade que ainda serão votadas em plenário.

De momento é rei morto, rei posto. É vida que segue!

Seguidores