TV R

domingo, 21 de maio de 2017

Sem saída, Temer e Aécio recorrem aos aliados para permanecer nos cargos. PT assiste de camarote | Blog by Goiânia

A delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista é cercada de pontos obscuros, tanto aos olhos da direita chucra, quanto dos Petralhas mais apaixonados desde a queda de Dilma Rousseff. A gravação foi editada, adulterada em pontos cruciais do dialogo afim de incriminar alguém, no caso o presidente da República. 

Aécio Neves, também comprometido com essa delação, não tem ainda no que se agarrar, pois foi gravado, teve o dinheiro rastreado e viu os elos fracos que o ligam a propina serem presos no dia seguinte as revelações de Lauro Jardim.
 

02/09/2016- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidente Lula participa da Reunião da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) em São Paulo. Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula


Posto isso é necessário esclarecer que, mesmo que tenha havido edições no áudio, não minimiza a gravidade do seu conteúdo, não tem como dizer que o Presidente Michel Temer esta inocente na história, pois o delator confessou lhe vários crimes e o mandatário da nação sequer informou as autoridades para que as investigações fossem feitas. O ponto nevrálgico deste imbróglio é o fato de que a PGR e o Supremo terem feito um acordo de colaboração sem nenhuma transparência, em que pese o delator ter entregado provas contundentes, mas os mesmos sequer foram presos ou vão usar tornozeleira eletrônica... Estranhíssimo ou não? 

Num primeiro momento, o Brasil inteiro foi atrás do que noticiava a Rede Globo, de forma unida estavam a Direita Chucra e os entusiasmados petistas pedindo a cabeça de Michel Temer e a prisão imediata de Aécio Neves. Passadas 72 horas das revelações Michel Temer não renunciou e a grande mídia juntamente com a Direita Chucra caiu em si que a derrocada dos golpistas de 2016, capitaneados por Aécio Neves e Michel Temer, pode significar um Lula ainda mais forte para a disputa de 2018 e a consequente ressurreição do Partido dos Trabalhadores, a "Geni" preferida da Lava jato. 

A chance de que o PT não ressurja no horizonte do Brasil, passa obrigatoriamente pela salvação de Michel Temer, mesmo que isso implique anular a delação da JBS, justo aquela que mais se aproximou de Lula em pouco mais de dois anos de Operação Lava Jato. Aécio Neves já é uma outra configuração, seus crimes, com ou sem delação já estão mais do que comprovados e a cadeia será o seu destino mais cedo ou mais tarde.

Seguidores