TV R

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Fim de feira em Goiânia – Agenor Mariano entra na Justiça para pedir a prisão do prefeito Paulo Garcia – Assuntos de Goiás – Questão Brasil

Uma parceria que foi muito comemorada em 2008, o PMDB do líder Iris Rezende precisava articular coligações para se fortalecer na reeleição daquele ano, Paulo Garcia então ex-deputado sem expressão foi o escolhido do PT para integrar a chapa de Iris e vencer a eleição junto com o algoz do partido no pleito anterior. 

 Iris e Paulo entrosaram, o PT aceitou ser apêndice do PMDB porque sabia que o poder total na capital voltaria aos domínios da legenda em breve, era só uma questão de tempo para que Iris e o PMDB corressem atrás da casa verde. 

 Com Agenor Mariano nunca ouve entrosamento, o PMDB nunca se sujeitou a ser coadjuvante do PT de forma incondicional, e Paulo Garcia sempre fez questão de deixar claro que só respeitava Iris Rezende, nunca o PMDB de Agenor Mariano.

 Cadeia por não dar margem a sua participação na gestão é um pouco demais para cabeça do eleitor que durante 4 anos não recebeu a cidade sustentável que foi prometida, ao contrário disso teve que conviver com uma cidade feia e suja por irresponsabilidade de ambos os gestores, de ambos os partidos que durante este período não pensaram em Goiânia. 

 PT e PMDB romperam, Paulo Garcia já não demonstra ter tanto apreço por Iris como antes, sua relação com seu vice que nunca foi das melhores acabou de forma litigiosa. 

O barraco atual é o desfecho de uma relação que nunca deu certo

Seguidores