TV R

domingo, 10 de abril de 2016

David Cameron mostra contas para provar que não tem nada a esconder



Continua a polémica em torno dos "Panama Papers" e de David Cameron. O Primeiro-ministro britânico insiste que não fez nada de ilegal mas admite que "deveria ter gerido melhor o caso" e começou a tornar públicas as suas contas, algo inédito no Reino Unido.

Os números divulgados mostram, entre outras coisas, que o líder dos conservadores e a mulher lucraram 19,000 libras, com a venda das ações da Blairmore Holdings mas que foi declarado menos de metade do valor.



Seguidores