TV R

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Carregador de dinheiro de Youssef que citou Aécio Neves, diz ter levado R$ 300 mil para Fernando Collor


Em sua defesa, Collor tem negado o recebimento de propina da Petrobras. 

Em nota divulgada anteriormente, ele também já criticou os depoimentos de delação premiada de Youssef e sustentou que não o conhece nem manteve qualquer tipo de relação com o doleiro.

 Já Leoni Ramos, em nota divulgada anteriormente, "nega e repudia categoricamente que tenha recebido ou intermediado valores ou contratos".


Seguidores