TV R

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

O passo a passo do processo de impeachment contra Dilma

O líder da minoria na Casa, deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), disse que a representação dos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal estava bem embasada e não tinha por que Cunha rejeitá-la.

Ele garantiu que os tucanos vão manter a posição já assumida no Conselho de Ética pelo prosseguimento do processo por quebra de decoro parlamentar. "Não há qualquer contrapartida do PSDB", disse Bruno Araújo.

O presidente do SD, deputado Paulo Pereira da Silva (SP), não escondia a satisfação com o anúncio e lembrou que trabalhou "o ano inteiro pelo impeachment de Dilma".

Seguidores