TV R

domingo, 8 de novembro de 2015

Após elevar tributos, Dilma Rousseff veta correção da tabela do IR em 6,5%

As
maldades de Levy e Dilma Rousseff não incluem uma revisão na aliquota
do IR, a Presidente vetou o texto aprovado pelo Congresso que corrigia
em 6,5% a tabela do Imposto de Renda das pessoas físicas.

A
medida aliviaria a tributação dos salários e outros rendimentos, ao
utilizar um índice mais compatível com a inflação do ano passado, de
6,41%.

Neste momento, porém, a prioridade mais imediata é conseguir mais receitas para reequilibrar as contas do Tesouro Nacional.

“A
proposta levaria à renúncia fiscal na ordem de R$ 7 bilhões, sem vir
acompanhada da devida estimativa do impacto orçamentário-financeiro”,
justificou o Planalto no “Diário Oficial” desta terça-feira (20).

Maldades que parecem estar só no começo.
Após elevar tributos, Dilma veta correção da tabela do IR em 6,5% | Dinheiro Público & Cia - Folha de S.Paulo - Blogs

Seguidores