TV R

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Fox Broadcasting Vs. Dish Network - Uma guerra contra a pirataria Vs. o direito de escolha

A Fox Broadcasting entrou com pedido na justiça contra a Dish Network, empresa detentora do aparelho Hopper DVR. Utilizado como transmissor de TV paga nos Estados Unidos, o equipamento pode retransmitir programas para dispositivos como tablets e smartphones, fato que motivou a ação da Fox.

Outro recurso que contraria os executivos da companhia permite ocultar propagandas de exibições gravadas pelo Hopper. Isso estava por trás da primeira ação movida pela Fox contra a Disher.

A alegação para o novo processo reside no limite de retransmissão cedido a operadora de TV. "A Fox garantiu à Dish o direito de retransmitir o sinal da Fox via satélite e a Dish garante a seus assinantes o direito de assistir programas em suas casas", afirmou o conglomerado de mídia à imprensa americana.

A posição da Fox conflita com a possibilidade de assistir os programas de TV retransmitidos pelo Hopper em qualquer lugar por meio de um tablet, por exemplo. Uma vez gravados no dispositivo, a exibição deles independe de qualquer conexão, assim como dispensam a visualização de propagandas.

A Dish respondeu afirmando que os norte-americanos devem decidir como assistirão a seus programas de TV. "Acreditamos que os consumidores têm o direito de assitir à programação de TV em qualquer lugar e a qualquer momento" sentenciou a companhia. Um comitê jurídico avaliará o caso no dia 22 de março.


Seguidores