TV R

terça-feira, 10 de abril de 2012

Abra o olho cidadão ninguém tá do teu lado http://youtu.be/11ygn5G_YDs @Reinaldo_Cruz @cnn_br @qb_7

Pelé ignora Maradona e ironiza Messi 

Pelé com Lula em 2008
Pelé voltou a ironizar o argentino Lionel Messi nesta segunda-feira. Quando questionado se vestiria a camisa de Maradona para ajudar a acabar com a rivalidade no futebol mundial, o ex-camisa 10 ignorou o uniforme da Argentina, dado por um repórter do programa CQC, e ainda alfinetou o atual craque do Barcelona: "antes de ser melhor que eu, tem que ser melhor que o Neymar".
"Isso de que o Maradona é meu rival são vocês que estão dizendo. Quando comecei a jogar falavam do Di Stéfano, que rivalizava comigo como melhor do mundo. Era um ótimo jogador. Aí depois veio o Maradona, disseram que ele é melhor que o Pelé. Agora falam do Messi. Só que primeiro ele tem que ser melhor que o Neymar", ironizou o ex-jogador da Seleção Brasileira.
Sobre a rivalidade nos estádios, que causou morte de torcedor após o clássico entre Corinthians e Palmeiras nos últimos dias, Pelé pediu cadeia: "eu e Suplicy fizemos até cadeia nas arquibancadas dos estádios para proteger o torcedor, mas quando saí do Ministério, acabaram com isso. Com a internet, eles organizam brigas fora do Estádio, nas ruas, avenidas e metrô, então isso é um caso de polícia. Essa tomada de proibir as organizadas acho que foi assim que terminaram com os hooligans", acrescentou.
Neymar e Messi se enfrentaram no final do ano passado, em confronto válido pela decisão do Mundial de Clubes do Japão. O argentino levou a melhor e protagonizou o massacre do Barcelona em cima do Santos: 4 a 0, no que foi a maior derrota de um time brasileiro em uma final de torneio intercontinental.







Túlio Maravilha esta desempregado

Fonte: UOL

Túlio Maravilha em busca do gol 1.000
Túlio Maravilha, mais uma vez, está desempregado. O folclórico artilheiro anunciou, pelo Twitter, que deixou o CSE-AL, clube que defendia desde janeiro. Mas ainda não será desta vez que ele voltará ao Botafogo. Afinal, em suas contas, faltam 15 gols para chegar ao milésimo, e o Glorioso tem planos de contratá-lo apenas quando restar sete para cravar a marca.

“Meu contrato pelo clube venceu dia 09 de abril. E faltam 8 gols para eu voltar para o Botafogo e fazer os 7 gols”, postou o artilheiro, que aproveitou para “pedir” emprego.

“Então sendo assim o clube que tiver interesse em fazer parte desta campanha pelo milésimo gol estou de portas abertas”, completou.

Pelo clube alagoano, Túlio marcou dez gols, sendo três pelo Estadual e sete em amistosos, e chegou aos 985 na carreira, segundo as contas do artilheiro.

O presidente Maurício Assumpção prometeu a Túlio Maravilha que o Botafogo estaria de portas abertas para que o atacante marcasse seu milésimo gol na carreira com a camisa alvinegra, no Engenhão. O trato está de pé e o clube carioca já aguarda o retorno do jogador de 42 anos quando faltarem exatos sete tentos para atingir a marca - atualmente restam 15.

O herói do título brasileiro de 1995, no entanto, assegurou que esses oitos gols que o separam de sua volta à General Severiano têm data de validade: 15 de abril. A ideia da diretoria é que o veterano atue com a equipe sub-23 em excursões pelo Brasil até ficar a um tento do feito histórico.






Parecer de Gurgel é o "divisor de águas" para o PSD de Kassab 






Gilberto Kassab do PSD/SP
Em comunicado à imprensa, o PSD considerou um "divisor de águas" o parecer do procurador-geral eleitoral Roberto Gurgel, que, nesta segunda-feira, em manifesto enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se mostrou contrário à concessão de direitos eleitorais para a sigla - fundada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, a partir de uma dissidência do DEM -, como o recebimento do do Fundo Partidário e tempo de propaganda na televisão proporcionais à sua atual bancada, com vistas às próximas eleições.

Em texto assinado pelo advogado do partido, Admar Gonzaga, a coligação disse "respeitosamente discordar" da decisão, mas aprovou o reconhecimento da fidelidade partidária como princípio constitucional.

O parecer de Gurgel, chefe do Ministério Público, foi dirigido ao ministro Marcelo Ribeiro, do TSE, relator de petição em que o PSD requer "acesso proporcional aos recursos do Fundo Partidário, considerada sua representação na Câmara dos Deputados, formada por 52 parlamentares, os quais obtiveram 4.670.295 votos nominais no pleito de 2010". O partido também conta com dois governadores, dois senadores, 109 deputados estaduais, 559 prefeitos, 5.957 vereadores e 149.586 filiados, segundo contabiliza a própria legenda.

O procurador rebateu a tese do partido ao defender que "os parlamentares da nova sigla foram eleitos por outras legendas partidárias, e somente não perderam seus mandatos por força da Resolução 22.610/07 (do TSE) , que considera como justa causa para a desfiliação a criação de novo partido político".

Fonte: Jornal do Brasil

Brasileirão terá radinho e árbitro atrás do gol 


José Maria Marin da CBF
José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), anunciou nesta segunda-feira que a entidade vai fazer uso de rádios para a arbitragem, conforme usado no Campeonato Carioca.
Marin falou também que aguarda a confirmação da Fifa, para o pedido da utilização de juízes auxiliares atrás dos gols. A medida também é comum no Estadual do Rio.
"Sabemos perfeitamente bem que o grande fator de tranquilidade e credibilidade para o futebol brasileiro se resume à questão de arbitragem. Sempre foi um problema muito grande, desde que eu conheço o futebol", disse o dirigente.
Ele também disse que, apesar de confiar no trabalho de Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Arbitragem, vai instituir uma ouvidoria e uma ouvidoria. Os nomes ainda não foram divulgados.

Fonte: Lance!





Seguidores